sexta-feira, 24 de junho de 2016

Dica de leitura: Não se iluda, não


Livro: Não se iluda, não
Autor: Isabela Freitas
Ano: 2015
Páginas: 272
Editora: Intrínseca

Sinopse

 Depois de passar um ano sem namorado, Isabela está determinada a realizar o grande sonho de ser uma escritora reconhecida. Resolve dar os primeiros passos anonimamente, criando um blog onde assina como A Garota em Preto e Branco. Em seu diário virtual, ela desabafa, fala dos amigos, dos não tão amigos assim, e confessa suas aventuras e desventuras amorosas. Assunto é o que não falta. 
Durante uma temporada agitada em Costa do Sauípe, na Bahia, acompanhada por Pedro, Amanda e sua insuportável prima Nataly, Isabela conhece o irresistível Gabriel, um sujeito praticamente perfeito, a não ser por um pequeno detalhe... Entre shows e passeios na praia, Isabela precisa admitir para si mesma que sente uma atração cada vez maior pelo seu melhor amigo. Em seu segundo livro, Isabela Freitas dá sequência às histórias dos personagens de “Não se apega, não”. Dessa vez, com a cabeça nas nuvens e os pés firmemente no chão, a personagem Isabela vai em busca daquilo que seu coração realmente deseja, mesmo quando seu caminho é bem acidentado e cada curva parece esconder uma nova surpresa.


Resenha

Isabela Freitas voltou com tudo na continuação do livro não se apega, não. No seu segundo livro é narrado a continuação da história da Isa, do livro Não se apaga, não, se quiserem ver a resenha é só clicar aqui.



Nessa nova fase de sua vida, Isabela está um pouco mais madura cursando faculdade de direito.
A primeira parte do livro se passa na Bahia, a Isa está de férias com seus amigos da faculdade e uma prima que ela não suporta. Nessa viagem ela conhece Gabriel, um rapaz lindo e super gente boa. Ele era quase perfeito ela só não sabia que ele era irmão do seu melhor amigo. E que haviam alguns segredos nesse relacionamento. Nessa viagem acontecem mil coisas que vão mudar a vida e a maneira da Isa pensar a respeito de relacionamentos.



A segunda parte do livro é quando ela já está em casa de volta a faculdade. Isabela resolve criar um blog anônimo para que sirva de diário. A principio ela acha que tudo ficará apenas para ela e que ninguém vá visitar sua página, mas é aí que ela se engana. As pessoas gostaram e sempre querem saber o que irá acontecer depois. Só que o blog acabou ficando famoso e ela recebe uma proposta para fazer algo que ela sempre sonhou.



Para ver como se dá o desfecho dessa história tem que ler esse livro que por sinal está maravilhoso.
Esqueci de falar no inicio do post que esses livros da Isa será uma trilogia e ainda esse ano pode ser que venha o terceiro livro da Isabela Freitas. Eu estou ansiosa pois, amei a maneira como ela escreve. Prende a nossa atenção de uma maneira que queremos saber o que acontecerá depois e como a Isa se desenvolve com suas experiências. 
Eu ainda acho que esses livros são baseados na vida real da Isabela Freitas pois, são muito bem detalhados e a história fica perfeita. Mas ela nega!
Enfim, sendo a história da vida da escritora ou não é um livro que eu super recomendo.

Um super beijo e até a próxima.


quarta-feira, 22 de junho de 2016

Dica de leitura: Não se apega não



Livro: Não se apega não
Autor: Isabela Freitas
Ano: 2014
Páginas: 256
Editora: Intrínseca

Sinopse

Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar
a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja.O amor vem pros distraídos.
Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal per-fei-to! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, com as tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado. Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico.



Resenha

Olá amores.

Sei que esse livro não é novo e eu já li faz algum tempo mas as vezes eu pego para folhear algumas páginas, pois amei esse livro e a maneira como foi escrito.  Vamos a resenha.

Depois de dois anos de namoro, Isabela tem que tomar uma difícil decisão, seguir com um namoro que só é perfeito para quem vê ou terminar para ter a chance de procurar a felicidade que ela sempre acreditou.
Isabela sonha em encontrar sua metade da laranja, esse é um dos motivos que a deixa dependente emocionalmente.


Desde bem cedo ela sempre teve namoradinhos. Para ela ter um namorado era ter alguém que iria lhe fazer feliz.  No decorrer do livro vamos  entender o “porque” da Isa ter insistido tanto tempo em uma coisa (namoro) que ao seu ver, não passava de perda de tempo.



Esse livro NÃO é de auto ajuda como muitos possam imaginar e como já li em algumas resenhas, esse é um livro onde a protagonista vai contando casos de sua vida. Coisas do passado e do presente. Esse é um livro muito engraçado e acabamos nos divertindo demais pois, Isa é atrapalhada e passa por diversas situações onde damos gargalhadas ao ler o livro.
Esse livro foca também nos amigos ou melhores amigos que ao decorrer da vida vamos deixando para trás, existem “N” motivos: pode ser porque quebraram nossa confiança, por mágoas que não conseguimos esquecer e a amizade nunca volta a ser a mesma mas,  nem sempre porque queremos, mas porque a vida vai tomando rumos diferentes.


Quanto ao design do livro é simplesmente perfeito, a cada capítulo uma frase que mexe com o nosso sentimento e aguça nossa curiosidade.



A leitura é leve e bem detalhada, parece que a história contada foi vivida pela autora do livro, apesar da Isabela Freitas negar rs
Esse foi um dos livros mais divertidos que já li.

Espero que tenham gostado da resenha.
Um super beijo e até a próxima.


segunda-feira, 20 de junho de 2016

Recomeço x Concerto



Muitas vezes não queremos entender que nem todas as vontades serão iguais, nem todos os momentos serão o que planejamos e nem sempre seremos perfeitos um para o outro. Não se pode mudar um erro do passado com um acerto no presente. O que passou, passou.
Não adianta colocar o dedo na cara de alguém e dizer que aquela pessoa não te valorizou ou que não fez o seu melhor no momento que vocês tinham juntos. Não podemos simplesmente culpar o outro para fugir dos sentimentos.
Hoje em dia, as pessoas acabam tratando as outras como opção, e essas “outras tentam gritar ao mundo que estão alí.
A vida já não é simples e muitas vezes complicamos ainda mais. Temos que entender que somos seres humanos e que somos falhos, vimos defeitos onde não tem, inventamos desculpas, alguns são extremamente sensíveis e se ofendem por muito pouco. Alguns traem e negam até a morte.

Quando a pessoa quer recomeçar parece que a estrada volta ao ponto de partida. Quando se pretende ter uma nova chance, a novidade deve ser os acertos zerados e os erros também.

Para sermos felizes temos que perdoar. Não estou dizendo para perdoar e ficar com aquilo na cabeça e no coração, estou dizendo para perdoar para que você consiga se sentir livre o bastante para seguir sua vida. Perdoar para que você consiga dar uma chance ao novo e ver que nem tudo vai acontecer de novo, perdoar e ver que você tem um horizonte de opções e que basta você dê um passo a frente para que sua vida recomece.

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Entrevista com a blogueira - Paola Aleksandra

.


Olá amores. 
Como já contei aqui no blog estou fazendo algumas entrevistas com as blogueiras que mais admiro. Eu acompanho o blog dessa linda há muito tempo, sempre tem conteúdo de qualidade, o layout do blog é impecável (um dos blogs que mais amo e um dos primeiros que comecei a acompanhar sempre). 
Enviei um e-mail para Paola e ela aceitou de cara realizar a entrevista, eu ainda não tive a oportunidade de conhecê-la pessoalmente, mas, quem sabe um dia em algum evento de blogueiras por aí.
Agora vamos a entrevista com a linda Paola, dona do blog Livros e fuxicos.


Como você começou no mundo da blogosfera? O que fez você criar seu blog? E quando você criou?
O Livros & Fuxicos existe desde Fevereiro de 2011. Estava passando por um momento difícil, perdida entre perdas e dúvidas, então me apoiei na literatura para não ser consumida pela dor. Os livros me ajudaram tanto que precisei criar um blog para compartilhar a felicidade que a leitura trouxe para a minha vida. Foi maravilhoso ter onde me refugiar e encontrar pessoas tão apaixonadas pela literatura quanto eu.

De onde surgiu o nome do blog?
Juro que não sei. Risos. Queria algo que remetesse mais que o meu amor pelos livros, por isso coloquei um “fuxicos” no meio dessa história.

Os comentários? Você lê todos?
Leio todos. Antes também respondia todos os comentários, mas agora só consigo lê-los. É gratificante ver em cada comentário o reconhecimento do meu trabalho.

Como é sua rotina diária?
Com o blog? No início da manhã gerencio as redes sociais do Livros & Fuxicos, no fim de semana programo as postagens da semana, e de noite deixo o tempo livre para ler e gravar vídeos para o Youtube.

Onde quer chegar profissionalmente?
Quero ter o prazer de escrever um livro e de ser reconhecida pelo meu trabalho como escritora.

Onde ou como você se inspira?
Me inspiro nos livros que leio e nas emoções que eles geram. Amo a sensação que uma boa leitura deixa.

Como você se vê?
Como alguém que não vive sem ler, sem conhecer novos lugares, e sem amar e ser amada.


Bate bola: 

Família: Meu porto seguro.
Uma comida: Chocolate!
Uma frase: Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.”
Uma música: Todas do Ed Sheeran.
Vida: Uma oportunidade de aprender mais a cada dia.
Felicidade: Amar sem limites.
Blog: Meu refúgio.


Espero que vocês tenham gostado. Eu simplesmente amei a entrevista.
Beijão e até a próxima.



quarta-feira, 8 de junho de 2016

Dica de leitura: Quem é você Alasca?


Livro: Quem é você Alasca?
Autor: John Green
Ano:2010
Páginas: 240
Editora: Wmf Martins Fontes

Sinopse

Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".




Resenha

Miles é um adolescente esperto, estudioso e obediente. Possui pais amorosos, mas não tem amigos. Vive na companhia de seus livros pois é fissurado por aquelas últimas palavras que as pessoas dizem antes de morrer.

Pouco antes de ingressar no ultimo ano do ensino médio, Miles sente que precisa conhecer pessoas novas e viver novas experiências. Decide então estudar em um colégio iterno. O mesmo que seu pai estudou um dia.

Ao chegar no seu novo colégio ele é apresentado ao seu companheiro de quarto, um garoto excêntrico, diferente e bem interessante cujo apelido é Coronel. Através desse amigo de quarto ele conhece Alasca, uma menina bela de olhos verdes, pele clara e um pouco rebelde (se é que posso descrevê-la assim). Ela foi sua primeira paixão.

Alasca tem altos e baixos, um dia está alegre, brincalhona, outro dia aparece triste, enigmática. Ela tem um segredo muito bem guardado.
O decorrer da história é bem legal. Não conto mais pois, não posso contar o segredo de Alasca senão o livro perde a graça.

Esse livro é bem gostoso de ler. Gostei dessa história pois trouxe situações do próprio cotidiano dos adolescentes.  É uma obra voltada para o público juvenil, mas eu amei ler e esse eu indico.

Espero que tenham gostado da resenha, deixe aqui nos comentários a sua opinião.
Beijos e até a próxima.


 

criado e codificado para o Meu mundo secreto
cópia proibida © 2015