quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Provei e aprovei: Torta de liquidificador


Olá amores! Espero que estejam bem.
Hoje trouxe uma receita maravilhosa que fiz no final da semana passada. Vi no blog da Hilsa uma pessoa super querida e quis experimentar, modifiquei apenas alguns detalhes na hora de fazer a minha. Quem quiser conhecer o blog dela e conferir a receita original é só clicar aqui.
Vamos lá...

Massa:
  • 3 ovos inteiros
  • Sal a gosto
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo (com fermento, se sua farinha de trigo não tiver fermento, acrescentar uma colher de sopa rasa de fermento)
  • 1 colher de manteiga ou 1/3 de xícara de óleo
Recheio:
  • 2 peitos de frango
  • Tempero a gosto
  • Milho
  • Ervilha
  • Azeitona
  • Extrato de tomate (eu uso Pomarola)
Modo de preparo
Prepare o frango e tempere como preferir, você pode modificar o recheio també, é só usar a imaginação.
Coloque todos os ingredientes da massa no liquidificador e bata muito bem. Reserve. Em seguida, unte o tabuleiro, depeje parte da massa cubra com o recheio, em seguida cubra o recheio com o restante da massa que sobrou.
Como mostra a foto abaixo rs




Eu fiz 02 receitas, fiz 02 tabuleiros de torta e todos aqui gostaram muito. O outro tabulero é maior que esse mas, quando lembrei de tirar a foto eu já havia tirado um pedaço rsrs

E aí, gostaram da receita? Já fizeram?
Se vocês tiverem outras receitas de torta deixa aqui para que eu possa experimentar também.

Beijos e até a próxima.


segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Dica de leitura: O amor nos tempos de #likes


Livro: O amor nos tempos de likes
Editora: Galera
Autores: Pam Gonçalves
      Bel Rodrigues
         Hugo Francioni
      PedroPereira
Ano: 2016
Páginas: 270

Sinopse

Os tempos mudaram, mas e o amor? Continua a dar aquele frio na barriga e fazer os jovens atravessarem quilômetros para viver uma paixão? Em "O Amor nos Tempos de #Likes", quatro booktubers se inspiram em três histórias da literatura para criar suas versões de contos românticos na era digital. Uma bela, jovem e famosa youtuber com medo do amor; um casal inesperado em um encontro às escuras (literalmente) e dois meninos apaixonados por livros tentando entender quem são e o que querem são os protagonistas destes contos que evocam "Orgulho e Preconceito" (Pam Gonçalves), "Dom Casmurro" (Bel Rodrigues) e "Romeu e Julieta" (Pedrugo).

Resenha

Olá meus amores. Hoje venho trazer uma resenha de um livro novo que foi lançado esse ano por youtubers. Esse livro é narrado em 03 partes e m forma de contos que acabam se interligando em um mesmo universo. É um livro adolescente onde aborda assuntos delicados de uma forma divertida e que prende a nossa atenção do inicio ao fim.

Próximo destino: Amor – O primeiro conto fala da história da Lizi, uma youtuber brasileira famosa que estava indo viajar para visitar a família, porém seus planos vão por água abaixo quando ela fica presa no aeroporto por causa de uma forte tempestade. Era a época do dia dos namorados e ela não gostava muito, porém tinha que preparar um projeto(vídeo) falando sobre o assunto para o dia seguinte e ainda não o tinha feito. E, nesse dia ela conhece Will, e daí em diante tudo acontece.

(Re) Começos – nesse conto trás a história de Madu, uma adolescente cheia de atitude que se enganou no amor, ela teve que ecidir entre dar um fim no seu relacionamento abusivo ou continuar com ele daquela forma. Eu vou contar um pouquinho mais rsrs
Ela decidiu terminar e se amar mais. Nesse momento ela decide que quer viajar e vai passar uns dias fora. Chegando lá tem um Pub com uma proposta mega diferente, onde não encontramos em muitos lugares. A pessoa entra senta numa mesa e conhece alguém, só que é diferente porque ela não pode escolher e nem consegue ver quem é que ela vai conhecer. O pub quase não tem iluminação e esse é o diferencial. Lá ela conhece uma pessoa que de certa forma ela já conhecia. Uma história mega interessante cheia de novidades e encanto.

337 Km – conta a história de Júlio e Ramon, dois rapazes que se conhecem através de uma rede social em um rupo de compartilhamento de textos autorais. Júlio é escritor e sua história deixa Ramon encantado. Eles começam a se falar se adicionam e Ramon tenta fazer com que Júlio lance seu livro. Esqueci de contar que eles moram muito distantes.

Esse livro é muito agradável, de fácil leitura e bem pequeno, comprei esse livro num site sem saber que foi escrito por youtubers e me surpreendi com a construção desse  texto e dos personagens, espero que em breve tenha a continuação. Estou super recomendando a vocês.

Será que a distância é capaz de destruir uma amizade? Um amor? Será que estamos dando a atenção merecida a quem está ao nosso lado(fisicamente) ou estamos deixando esse mundo virtual pegar todo o nosso tempo?

E aí? Vocês já leram?


Beijos e até a próxima.

sábado, 17 de setembro de 2016

Entrevista com a blogueira - Ticiana Paixão


Olá meus amores, espero que estejam bem.
Hoje trouxe para vocês um entrevista mega legal com a Ticiana Paixão do blog Viver com pouco e ela veio contar um pouquinho mais sobre ela e seu blog.
Ela é uma linda super simpática. Assim que eu perguntei se ela aceitaria realizar uma entrevista aqui para o blog ela de cara aceitou. 
Eu conheci o blog dela e de cara me apaixonei, tenho certeza que vocês vão amar. Uma menina cheia de sonhos e super talentosa.
Vamos conferir a entrevista:

Como você começou no mundo da blogosfera? O que fez você criar seu blog? E quando você criou?
A ideia do blog surgiu no começo de  2015, mas só em maio de 2016 eu coloquei efetivamente em pratica. 
Eu queria ter um hobbie e também vi no blog um jeito de fazer eu mudar meu estilo de vida e conseguir formas de lazer sem gastar muito.

De onde surgiu o nome do blog?
A Ideia veio do proposito do blog que é buscar soluções pra " Viver com pouco" dinheiro.

Qual sua rotina diária? Como faz para conciliar trabalho fora de casa com a sua paixão pelo blog?
Eu trabalho em tempo integral como engenheira civil e a noite e em finais de semana estou trabalhando como consultora de beleza independente Mary Kay, ( essa segunda função foi partiu do proposito de  ter uma experiência pra colocar no blog sobre formas de ter uma renda extra.)
Eu estipulei de fazer 1 post por semana, já tenho uma listinha com temas que quero falar e escrevo sempre que sobra um tempinho. Não tenho uma rotina pré definida de dia e hora para escrever, preciso fazer isso.

Sobre sua profissão, como você a escolheu?
Sempre quis ser engenheira, gosto da área e da dinâmica do trabalho. 

Você tem o blog como trabalho, como hobbie, ou como os dois?
Tenho somente como hobbie.

Os comentários? Você lê todos?
Leio e respondo todos ! Não são muitos, mas pretendo fazer isso sempre, mesmo que tenha fama no futuro.

Onde quer chegar profissionalmente? Você sonha em viver somente de blog?
Pretendo ter minha empresa.
Não sonho em viver de blog, não tenho tenho muito tempo pra investir nele, o que acaba deixando ele amador. 

Onde e/ou como você se inspira?
Não tenho uma blogueira que sou fã, mas estou acompanhando várias, principalmente as minhas colegas iniciantes para da o apoio que sei que precisamos.

Como você se vê?
Me vejo como alguém em busca de uma vida feliz. 

Bate bola

Família: Apoio
Um comida: Massas e doces
Uma frase: " Se você não mudar, nada muda"
Uma músicaChandelier  - SIA
Um livro: " Os delírios de consumo da Rebeca Bloom"
Vida: Aproveitar cada segundo
Felicidade: É momentânea, temos que aproveitar.


Gostaram da entrevista? Já conheciam essa linda?
Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Resenha do filme: O menino do pijama listrado

 
Sinopse: Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução final contra os judeus. Também não faz ideia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e mudar-se para um região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem fazer nada. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga.

Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.
Resenha
A história ocorre durante a segunda guerra mundial e conta a história de Bruno que morava em Berlim com seus pais e sua irmã. Seu pai se chama Ralp e trabalhava como militar, ele foi designado para trabalhar num campo de concentração, com isso a família teve que se mudar e passou a morar próximo ao trabalho de seu pai.
Bruno fica desolado com a aparência do lugar, ele não sabe que o país está em guerra. Com o tempo ele começa a observar pela janela e vê trás de uma cerca alta algo que se parece com um bairro, um lugar cheio de pessoas e decide ir até lá escondido. Lá ele conhece um menino mais ou menos da mesma idade e eles acabam se tornando muito amigos.

Eu sei que a maioria das pessoas já conhece o final da história mas, não vou contar pois, acredito que algumas pessoas possam não conhecer ainda e prefiro que assistam o filme e vejam o que acontece lá.
Posso dizer que esse filme mexe com a nossa emoção de uma forma inexplicável. Mostra a inocência de uma criança, a busca da liberdade de outra. Mostra de uma forma não tão pesada como é viver numa guerra. Esse filme nos faz refletir demais sobre amizade, tristeza, compaixão, amor, liberdade, fidelidade e respeito.

Esse foi sem dúvidas um dos melhores filmes que já assisti. Eu chorei demais, acho que terminei de assistir o filme soluçando e me questionando do porquê de tudo aquilo.
Quem ainda não assistiu eu espero que assistam e, quem já viu deixa aqui embaixo nos comentários o que achou e como o filme envolveu vocês. Pois, quero saber..

Beijos e até a próxima.






segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Dica de leitura: Como se tornar um líder servidor


Olá meus amores.
Outro dia eu estive aqui falando um pouquinho de um livro que foi lançado em 2004 e eu não sabia bem qual era a real sequencia dos livros e fui escrevendo as resenhas pela ordem de lançamento. A primeira resenha você encontra aqui: o monge e o executivo, Hoje eu quero falar do livro que foi lançado em 2006 e merece a nossa atenção. Esse livro é como se fosse uma sequencia do que falei acima (muitos irão falar que estou errada, mas pela lógica e os assuntos que vão sendo abordados podemos ver que é uma sequência).

Sinopse

O livro de James C. Hunter, Como se tornar um líder servidor, tem dois objetivos: o primeiro é compilar de maneira simples, concisa e clara os princípios da liderança servidora apresentados em seu livro anterior. O segundo é proporcionar um guia que facilite a aplicação desses princípios em sua vida e no trabalho. 

O autor acredita que liderar não é ser "chefe". Liderar é servir. Embora "servir" tenha uma conotação de fraqueza para alguns, a liderança servidora pode ter um impacto positivo em nosso desempenho como pais, treinadores, cônjuges, professores, pastores ou gerentes. Afinal, todos querem se tornar os líderes que as pessoas precisam -- e que merecem. 

Para Hunter, muitos têm consciência de que estão falhando com suas equipes: "Eles reconhecem que os antigos métodos de comando e controle, na base do grito e da ameaça, são ineficientes quando se lida com uma força de trabalho diversificada, formada por gerações muito diferentes, que cresceram desconfiando de quem tem o poder." 

Falando sobre sua própria experiência e citando clientes e personalidades tão diferentes quanto Jesus, Gandhi e Jack Welch, James Hunter sustenta que "liderar é inspirar e influenciar pessoas a fazerem a coisa certa, de preferência entusiasticamente e visando o bem comum". Este livro mostra que o desenvolvimento de liderança e a construção do caráter são a mesma coisa -- ambos exigem mudança. Os princípios da liderança servidora podem ser aprendidos e aplicados por quem tem a vontade e a intenção de mudar, crescer e melhorar.


Vamos lá...

Não tenho como fazer uma resenha sem contar muito do livro, então vou deixar para vocês somente minha opinião.

Nesse livro o autor fala da liderança como uma habilidade de influenciar pessoas para trabalharem de forma feliz e eficaz. Temos um guia de como nos comportar num ambiente de trabalho.
O autor acredita que para ser um líder você precisa antes de mais nada aprender a servir. O verdadeiro líder consegue liderar sem obrigar a ninguém a fazer as coisas, ele consegue ter a habilidade de fazer com que as pessoas gostem e se sintam bem com seu trabalho. 

Essa obra é indispensável para quem um dia pensa em ter seu próprio negócio ou pensa em ter um cargo de confiança em alguma empresa. Esse livro nos ensina a nos tornarmos pessoas melhores, sabendo a diferença do que é gerenciar, chefiar e liderar uma equipe.

Esse livro foi muito gostoso de ler, tem uma linguagem leve e de fácil entendimento. Assim como o primeiro, ele é recheado de frases motivadoras.

Eu amei poder ler e dividir com vocês a minha opinião sobre esse livro. Espero que tenham gostado. Quero saber a opinião de vocês, não se esqueçam de deixar aqui nos comentários.

Beijos e até a próxima.

 

criado e codificado para o Meu mundo secreto
cópia proibida © 2015